You are currently viewing E se… (EBC)

E se… (EBC)

Desde muito tempo atrás, quando comecei a usar Netflix e passei a acompanhar a TV Brasil, pensei em como seria interessante a gente ter um VOD (Video on Demand) Público. Não gratuito, público. Quando conheci a Pluto TV, percebi o quanto seria interessante se a gente tivesse esse VOD Público nesse formato.

A Pluto TV

Criada pela Paramount, a Pluto TV mescla funcionalidades de Streaming de vídeo por demanda (tipo Netflix) com streaming de TV pela internet. Ou seja, você pode assistir canais, com programação montada por eles, ou pode escolher filme ou série para assistir na hora que quiser.

O conteúdo atual inclui mais de 100 canais, com canais de filme por gênero, Turma da Mônica, Cocoricó, Padrinhos Mágicos, Bob Esponja, Jeannie é um Gênio, Os Três Patetas… Tem canal de documentário, de “paisagem”, de videocassetadas, de humoristas… Além de canais mais tradicionais, como os da Record, MTV e UOL TV.

O Pluto TV é gratuito e pode ser acessado a partir do navegador em https://pluto.tv ou a partir de aplicativo para Smartphone ou TV.

A Velha EBC

A EBC é a Empresa Brasil de Comunicação, uma empresa pública que nasceu para ser mesmo pública, sem interferência de governos. Durante o período do golpe contra a nossa primeira presidenta, quando praticamente todas as emissoras de televisão tratavam da situação acriticamente como algo normal, a TV Brasil tentava cobrir manifestações dos dois lados, apresentava debates e análises de cientistas políticos e sociais. Isso desagradou muito as emissoras tradicionais e grande parte da oposição ao governo, que passou a tratar a TV Brasil como “a emissora do PT”.

Quando Michel Temer tomou a cadeira da presidenta, uma de suas primeiras medidas foi trocar o conselho da TV Brasil, que tinha representação de diversos setores da sociedade, por um conselho político, praticamente só com indicados políticos. Nesse ponto deixei de acompanhar a emissora, triste com o aparelhamento de algo que era pra ser independente. De Estado e não de Governo.

Além da TV Brasil, a EBC também tinha a NBR (canal do executivo), várias rádios e era a responsável (acredito que ainda seja) pela Voz do Brasil.

Uma Nova EBC

Olhando por alto, há muito conteúdo público audiovisual. Havia vários canais distintos (da EBC ou não):

  • TV Brasil
  • TV Cultura
  • TV Educativa
  • TV Câmara
  • TV Senado
  • TV Justiça

Esses canais seriam os canais tradicionais de uma ferramenta desse tipo, se dependesse de mim.

Programação financiada pelo Governo (incluindo curtas e filmes) e programas dessas emissoras seriam colocados na opção VOD. O MEC já tentou fazer um VOD no passado chamado MECflix. Juntaria também. Material já em domínio público seria o complemento desse pacote.

Existem país afora várias emissoras filiadas à TV Brasil. Como é prática comum, inclusive nas filiadas às emissoras comerciais, elas substituem parte da programação por programas produzidos localmente. Esses canais poderiam integrar a ferramenta e os programas poderiam ser disponibilizados on-demand.

Existem vários projetos de rádios educativas Brasil afora. Por que não integrá-las à ferramenta? Essa parte funcionaria como aqueles canais especiais de TV por assinatura, que permitem ouvir música de diversas rádios temáticas.

Enfim, isso é apenas uma utopia que eu gostaria de compartilhar com vocês. Não sei se tem chances de se realizar algum dia, mas seria muito bom!

P. S.: Imagem da postagem

Deixe um comentário