Lançamento da AALC (2018)


Eu estava fora da Academia Alagoana de Literatura de Cordel e voltei a fazer parte dela ano passado, assumindo dessa vez a cadeira 1. Outro dia eu explico melhor essa situação toda. Por enquanto, eu reproduzo aqui o post que eu havia publicado no meu blog anterior tratando do lançamento da academia, ainda em 2018.

Hoje foi um dia histórico para a Literatura Alagoana. Foi inaugurada a sede da Academia Alagoana de Literatura de Cordel, na Biblioteca Pública de Maceió. Foi dada posse aos membros efetivos para início das atividades.

Além de importante, foi um momento muito bacana, como sempre costuma ser, estar junto de outros colegas artistas. Especialmente o lendário Jorge Calheiros.

Na AALC passo a ocupar a cadeira número 16, do patrono Francisco das Chagas Batista.

Espero que tenhamos mais pra frente mais informações sobre todos os membros (e de repente dos patronos todos também). Por enquanto, veja o cordel “Matuto Zé Cará” do Jorge Calheiros: