Casual ou Trabalhoso?


Tempos atrás havia uma divisão de tipos de gamers entre hardcore e casuais. Casuais eram os jogos que diferiam do tradicional. Na maioria das vezes baseados em conceitos de minigames, jogos de tabuleiro, de cartas e quebra-cabeças.

O tempo foi passando e esses jogos foram evoluindo bastante. Um subgênero de que gostei muito desde que conheci foi a mistura de jogos Match-3 com elementos de RPG e de jogos colecionáveis. Desde o Marvel Puzzle Quest, passando pelo próprio Puzzle Quest e chegando no Empires & Puzzles. Todos eles jogos muito bem construídos.

Tempo desses, porém, comecei a me cansar desse tipo de jogo e a razão é simples: eles são construídos para meio que “forçar” você a jogar. Há recompensas e missões diárias e a coisa fica ainda mais complicada conforme você avança no jogo e passa a fazer parte de uma aliança.

Então fiquei me perguntando: eu estou jogando ou em um emprego paralelo (que nem me paga)? Essa assiduidade dos jogadores de jogos semelhantes a esse também me fez concluir que “casual” é um termo equivocado demais…